BEM VINDO A SETE LAGOS

A Sete Lagos Transportes, na condição de revelação no setor de transportes, sente-se honrada em transmitir a seus clientes o perfil de uma empresa inovadora, que  atende a todo o Brasil com carga completa ou fracionada nos Estados de Minas Gerais, São Paulo e Rio de Janeiro. Nosso objetivo é otimizar a prestação de serviços ao mercado de transportes, mantendo assim, nosso compromisso de satisfazer totalmente as necessidades de nossos clientes, através de um modelo de gestão diferenciada, com base compromisso e respeito. Leia mais

ULTIMAS NOTÍCIAS

Pedágios serão reajustados BR-381 e em outras sete rodovias federais

Autorizado esta semana pela Agência Nacional de Transportes Terrestres (ANTT), a medida faz parte da revisão extraordinária das tarifas básicas do serviço. Dez rodovias federais terão seus pedágios reajustados entre os dias 7 de dezembro de 2014  e 1º de agosto de 2015. Autorizado esta semana pela Agência Nacional de Transportes Terrestres (ANTT), o reajuste faz parte da revisão extraordinária das tarifas básicas de pedágio. Ele resultará em aumentos que variarão de 0,097% a 1,51%, dependendo da rodovia.

Leia mais

Pesquisa revela estado de saúde de caminhoneiros

Preocupado com a saúde e com a qualidade do trabalho do caminhoneiro, o Sest Senat desenvolve diversas ações que reforçam a importância de manter a saúde em dia para se evitar acidentes.
Uma delas são os Comandos de Saúde nas Rodovias, uma campanha educativa realizada desde 2006 em parceria com o Departamento de Polícia Rodoviária Federal (PRF) e o Ministério da Justiça. Leia mais

Proposta flexibiliza intervalo mínimo de descanso de motoristas em rodovias

O Projeto de Lei 7096/14, em análise na Câmara dos Deputados, determina que o motorista profissional pare no próximo ponto existente para descanso quando não houver estrutura na rodovia para que o condutor possa cumprir os períodos de descanso atualmente previsto no Código de Trânsito (Lei 9.503/97).
O código exige que o motorista profissional observe o intervalo mínimo de 30 minutos de descanso para cada quatro horas ininterruptas na condução do veículo. O Código também já prevê que o tempo de direção poderá ser prorrogado por até uma hora para que o motorista chegue a “lugar que ofereça a segurança e o atendimento demandado”. Leia mais